Curitiba, uma cidade multicultural

Hello amigos!! E ai, tudo beleza?

Depois de alguns dias organizando imagens, mapas, folders, menus etc etc hoje vou falar um pouco sobre Curitiba, a capital do Paraná, que fica aqui pertinho de Blumenau, cerca de 215km. “É aliii”, como diz o pessoal em Manaus!!

Aproveitamos o feriado calorento de Tiradentes e fomos até lá. Já tinha passado pela cidade algumas vezes, a trabalho, mas nunca consegui ir muito além das cercanias de onde ficava hospedada. Desta vez, de mapa em punho e um GPS chamado “marido”, nos atiramos a desbravar a cidade. Que é muito bonita e parece sim, muito organizada. Os moradores com quem falei, claro, veem de outra forma, mas são unânimes em dizer que Curitiba é recheada de atrações por todos os lados. Bora então, dar uma passeadinha?

Mas antes, vamos conhecer um pouco de sua história. Fundada em 1693, a partir de um pequeno povoado bandeirante, Curitiba tornou-se uma importante parada comercial com a abertura da estrada tropeira entre Sorocaba (SP) e Viamão (RS) vindo, em 1853, a ser a capital da recém-emancipada Província do Paraná. Desde então, a cidade, conhecida pelas suas ruas largas, manteve um ritmo de crescimento urbano fortalecido pela chegada de uma grande quantidade de imigrantes europeus ao longo do século XIX, em sua maioria alemães, poloneses, ucranianos e italianos, que contribuíram para a diversidade cultural até hoje presente. 

Ficamos hospedados no Curitiba Palace Hotel. Muito confortável, com um bom café da manhã e atendimento impecável. Gostei muito e recomendo. A edificação da década de 1950 foi preservada e abriga o salão do café, sala de TV e alguns apartamentos. Grudadinho nele um novo e mais moderno prédio foi erguido. Próximo ao hotel fica o Shopping Estação e dentro dele, o Museu Ferroviário, onde está a memória sobre a antiga estação ferroviária de Curitiba, dá pra ir andando até lá.

Vista interna do Hotel antigo

No dia em que chegamos já fomos para o Bairro de Santa Felicidade. Reduto italiano com uma infinidade de restaurantes e adegas. Passamos pelos Vinhos Durigan, que desde 1878 vende vinhos e espumantes, e ainda oferece uma infinidade de salames, queijos, erva mate e artesanato. Nesse dia, jantamos no Restaurante Portal, uma indicação da sommelier do Durigan. Gente, pense numa comelança!!! Como bom restaurante italiano eles fazem o que chamo de mesa posta, trazendo tudo do cardápio mais o buffet de saladas e sobremesas e, além da comida deliciosa o preço é perfeito, ficando em torno de R$45 por pessoa a refeição (pra comer a vontade, viu?!!).  O Restaurante funciona para almoço de segunda a domingo. E para jantar, de segunda a sábado.

Um giro pelos Vinhos Durigan e a mesa de iguarias do Restaurante Portal!

Depois de uma boa noite de sono, na manhã seguinte saímos em direção aos inúmeros passeios e parques que nos esperavam. Primeiro, pela Rua 24 horas, centro de compras, lazer e de informações turísticas, inaugurado em 1991. Sua cobertura transparente está apoiada em 32 arcos de estrutura metálica. Suas lojas funcionam das 09h às 19h e os restaurantes, das 09h às 22h.

Segunda parada, claro, o Jardim Botânico de Curitiba. Também inaugurado em 1991, inspirado em jardins franceses, é uma homenagem a engenheira civil, Francisca Garfunkel, uma das pioneiras do planejamento urbano da cidade. A estrutura metálica da estufa abriga espécies botânicas de referência nacional. Nesse dia estava acontecendo o 1° Encontro Urban Sketchers Brasil, ou desenhistas urbanos, que usam como inspiração espaços públicos, edificações, monumentos etc. Achei bem interessante a proposta e em todo lugar por onde passei, lá estava um grupinho com seus blocos e lápis, retratando algo. O Jardim Botânico funciona das 06h às 20h, no verão. E das 06h às 19h30, no inverno. A entrada é gratuita.

jardim botanico curitiba27

Saindo de lá, fomos para o MON, Museu Oscar Niemeyer ou Museu do Olho, como é carinhosamente chamado. Projeto do excepcional arquiteto, Oscar Niemeyer, o museu é um dos maiores da América Latina e abriga exposições permanentes e itinerantes. Umas dessas exposições é a das obras de arte apreendidas na Operação Lava Jato, que estão sob guarda do museu até decisão definitiva da Justiça. Numa das fotos eu admiro uma tela autêntica, de um dos meus artistas favoritos, pintor surrealista, o catalão Joan Miró. O Museu Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada inteira R$12,00 e Meia R$6,00. Sua bilheteria fica aberta até às 17h30. 

Como já estava na hora do almoço e ninguém é de ferro, paramos no Cantinho da Bica, especializado em costelinha de porco! O lugar é simples, com uma cerveja super gelada e, lógico, umas das melhores costelinhas que já comi. Comida honesta a preço justo. Vale a passadinha por lá. O Cantinho fica no caminho para quem vai para o Bosque do Alemão. No sábado eles servem sua tradicional feijoada!

À tarde nossas andanças foram pela Ópera de Arame, teatro de estrutura tubular e teto transparente, com capacidade para mais de 1500 pessoas. O espaço faz parte do Parque das Pedreiras, que tem ainda a Pedreira Paulo Leminski, batizada com o nome do poeta e letrista curitibano. 

O Parque Tanguá, que foi inaugurado em 1996, surpreende pela sua beleza. Fica em uma área de 235 mil m², lugar de um antigo complexo de pedreiras desativadas. Faz parte do projeto de preservação do curso do Rio Barigui, junto com os Parques Tingui e Barigui. Além de toda beleza dos jardins, ainda tem destaque duas pedreiras, unidas por um túnel de 45m de extensão, que pode ser atravessado a pé por uma passarela sobre a água. O parque tem um bar flutuante, espaço para churrasqueiras, mirante, pista de corrida e caminhada. É muito usado pela comunidade para prática de exercícios. 

 Do Tanguá, fomos para o Parque Tingui, inaugurado em 1994 e onde fica o Memorial Ucraniano, que tem implantada a réplica de uma igreja ucraniana onde são realizados eventos culturais e exposições. A edificação e o campanário, baseados no estilo bizantino, que caracterizam as construções da Ucrânia, é uma homenagem à influência da cultura ucraniana na história de Curitiba.  O Memorial funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada gratuita.

Encerramos o dia com um jantar maravilhoso no Swadisht, restaurante de cozinha indiana. O lugar prima pela decoração e pelo ambiente agradável. No menu, eles oferecem todos os pratos em separado ou a opção de três menus degustação. Nós optamos por um deles, o que vem com frango e acompanhamentos. Um delícia. O preço é um pouco mais salgado, mas quando a gente está passeando, vale a pena reservar um troco para esses jantares especiais né?!  Aberto de Segunda a Quinta, das 19h às 23h30. Sexta e Sábado das 19h à 0h00.

No dia seguinte chegamos ao final de nosso passeio… mas antes de irmos embora, passamos pelo Centro Histórico, onde fica o Largo da Ordem (palco dos pregões dos colonos, que vendiam seus produtos, trazidos das periferias. O antigo bebedouro dos animais, ainda está lá preservado), a Catedral Basílica Menor (erguida em 1893, em estilo neogótico), o Paço da Liberdade (edificação em estilo art noveau), a Mesquita Imam Ali Ibn Abi Tálib (inaugurada em 1972, possui uma cúpula central, ladeada por duas torres e impressiona pela beleza de sua cor,azul turquesa), a Igreja Presbiteriana Independente, a Igreja do Rosário dos Pretos de São Benedito, o prédio da UFPR – Universidade Federa do Paraná (a primeira Universidade do Brasil. Seu prédio de 1916 é em estilo greco-romano), entre outras edificações históricas que preservam a memória da cidade.

No domingo, das 9h às 14h acontece a tradicional Feirinha do Largo da Ordem, com mais de mil expositores, que vendem de tudo e mais um pouco. Eu como adoro feiras, lógico que me embrenhei pelo meio das barraquinhas!! E foi ótimo, por que muitos dos prédios históricos ficam ali e é possível visita-los. 

E por hoje era só, amigos. Espero que tenham gostado desse passeio por Curitiba, que foi só um pouco do que a cidade oferece, em termos de atrações. Eu ainda preciso voltar, para conseguir ver o que faltou, como a Torre Panorâmica, que estava lotada na hora em que passamos por lá e não pudemos entrar; pra conhecer os bares do Largo da Ordem que dizem ser ótimos e animados, e mais algumas coisinhas !! Lógico que tudo eu vou compartilhar aqui com vocês.

Uma dica legal para quem for passear em Curitiba é usar o Linha Turismo, ônibus que passa em praticamente todos os pontos turísticos. Ele opera de terça a domingo, das 09h às 17h30, e passa a cada 30min. Seu ingresso pode ser comprado no próprio ônibus ou em postos, como o da Rua 24 horas. Crianças até 5 anos não pagam. 

No mais é só aproveitar, curtir tudo que a cidade tem pra mostrar. Enjoy!

Besos


PLANEJE SUA VIAGEM

COMPRE SUA PASSAGEM AÉREA na LATAM, uma das maiores Cias. Aéreas do mundo.

ALUGUEL DE CARROpesquise na RentCars os melhores preços, sem cobrança de IOF e pagamento em até 12x nos Cartões Visa e Mastercard.

SEGURO DE VIAGEMReal Seguro Viagem, em até 6x sem juros nos Cartões de Crédito.  

COMPRE SUA MOEDA ESTRANGEIRA: Cotação Câmbio Turismo. Tendo a comodidade de poder retirar seu dinheiro nas lojas dos Aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. 

DICAS DE HOSPEDAGEM: Procure no Booking e encontre as melhores ofertas! 


**Gostou? Faça um comentário, inscreva-se para receber nossas dicas, curta a página! Cada que vez que você interage com o Casa de Doda, ele cresce e alcança mais viajantes. Obrigada!

*** O Casa de Doda é afiliado da LATAM, Real Seguro Viagem, RentCars, Cotação Câmbio, Booking.com, e recebe uma comissão pelas reservas feitas através dos links aqui no blog. O leitor não paga nada a mais ao fazer a sua reserva pelo nosso link. Apenas contribui para que o Casa de Doda siga dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar, fazendo suas reservas aqui pelo bloguinho!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s