#CorraDodaCorra, no Costão do Santinho

Na semana passada, dia 28 de Janeiro, estive em Floripa, no Santinho, para a NightRun do Costão do Santinho, com percursos de 5k e 10k. Fazia tempo ouvia falar dessa prova. De que era legal e que, pelo menos uma vez, eu deveria participar! E lá fui eu pra correr os 5k!

Fizemos, eu e marido, quase que um bate volta! Apesar de ter reservado uma pousadinha pra passarmos a noite. Afinal, a largada da prova seria às 21h e depois de correr, eu só ia querer um relax, claro! Saímos tarde de Blumenau. Detalhe é que a entrega dos kits seria até às 14h, em uma concessionária de veículos (na Beira Mar Norte), patrocinadora do evento e nós saímos de casa tipo umas 12h!! Bem a nossa cara! Mas deu tudo certo, mesmo perdendo a entrada de acesso a concessionária e tendo de dar uma volta monstro, às 13h57 eu cai pra dentro da loja e peguei meu super kit, com os itens costumeiros e um plus, a head lamp!

nightrun-costao-1

De kit em punho, rumamos para o Santinho, para achar nossa hospedagem. Como o mar não está pra peixe, desta vez não ficamos no Resort do Costão (que é fantástico), mas numa pousada bem simples (quando digo simples, é simples mesmo!), a Pousada PaulikotaA diária custou R$ 190,00 e achei honesto. Ficava cerca de 1km de onde seria a prova. Não tinha lá grandes confortos, mas estava tudo bem limpo e arrumado. Oferece estacionamento, wifi  e um café da manhã bem básico, mas farto. Para uma noite chuvosa pós corrida, foi perfeito. Ahh registro aqui a simpatia dos donos, o Bruno e sua mãe, ela uma senhorinha muito atenciosa.

img_20170129_104922349

Devidamente acomodados, fomos atrás de algo para almoçar. Como já era umas 15h não ficamos procurando muito e almoçamos no Dunas Restaurante, na beira da praia, em Ingleses. Pedimos um prato para duas pessoas, que veio beeeem farto. Filé de pescada com acompanhamentos. Só achei meio salgada a conta, R$ 193,00… Imagino que seja por conta da alta temporada. Mas a comida boa e a vista linda, compensaram o gasto!!!

Falando nisso, só um adendo aqui! Me chamou a atenção a quantidade de casas e apartamentos com placa de “aluga-se”, assim como aquele hábito que o povo tem, de ficar na calçada, com plaquinha na mão oferecendo imóvel para alugar. Só que era muita gente, fazia tempo não via isso. Não está fácil pra ninguém, infelizmente.

Continuando então…Como teria tempo até a prova, fui dar uma voltinha para ver como estava a organização, a arrumação de tudo, as assessorias de corrida chegando, aquele “corre corre”! E o povo estava a milhão viu?! Também não era pra menos. Foram mais de 1500 inscritos e dar conta de atender todo esse povo, tem que ser forte!!

Como vocês devem ter notado pelas fotos, o tempo estava chuvoso desde que saímos de casa e não dava sinais de que teria grandes mudanças. O que realmente aconteceu. Mas nada que pudesse atrapalhar a vibe do evento! Fiquei preocupada, claro, de rolar temporal na hora da prova, com raios e trovões, e isso na beira da praia, entre dunas, pode não ser muito legal. Mas São Pedro foi muito generoso e bem na hora da largada, a chuva parou. Foi muito tri!  Eu ali, aguardando! O pessoal da organização dando os últimos retoques, povo já se reunindo pra largada e: lá vamos nós, iluminando a noite com nossas head lamps!!!!

Antes da largada meu marido falou: – Sai correndo bem pela direita, que a areia mais densa vai estar ali e tu não vai afundar o pé! OK! Só que os fogos da largada estavam bem ali ahahahah quase que viro churrasco!!! E pernas pra que te quero, gente! Foram 5k muito tranquilos. Indo pela beira da praia e depois subindo uma duna enorme (ali as pernocas quase travaram, mas ai lembrei que na areia fofa, tu corre com a ponta do pé pra ter apoio e impulsão). Quando entramos na duna, que eu cheguei no topo e olhei pra trás, aquele mar de gente com luzinhas, que coisa mais linda! Eu até falei pra corredora do lado: cara, que coisa linda! Ela não me deu muita bola! Ahh problema dela!!!!

Prova finalizada com louvor, em 34min. Já fiz tempo melhor que esse, mas o que eu queria era correr, sem me importar com cronometragem! Abaixo a mesada de frutas e água + o kit lanche, pós prova. Acho que nunca comi tanto em uma corrida ahahahah. Uma coisa que achei legal foi na dispersão, onde todos precisavam entrar em filas para retirar os lanches, não vi, nem ouvi nenhum incidente ou reclamação. Todo mundo meio que confraternizando, tirando fotos. Isso é a alma do negócio. Afinal, depois de cargas colossais de endorfina, quem vai querer criar problema né?!

Não sei vocês, digo, vocês que correm, mas eu, a cada largada, fico emocionada. Sério! Dá aquela adrenalina, aquela sensação boa, aquela vontade de correr melhor (tá bom, essa frase soou bem clichê, eu sei!). Principalmente quando cruzo a linha de chegada e pego minha medalhinha. Isso que não sou atleta de alta performance, imagina pros caras que vivem disso?! Falando nisso, olha eu ai, meio que descabelada, mas bem feliz!!!

nightrun-costao-13

Depois de uma noite de sono, onde eu praticamente desmaiei, saímos cedo da Pousada e demos uma passadinha em Daniela e Jurerê, para molhar os pesitos! Foi rápido, mas o suficiente para fazer essas fotos lindas!

Almoçamos no Beiramar Shopping e antes de voltarmos, lógico que eu dei uma paradinha pra ver a Ponte Hercílio Luz, que está cheia de gruas, em função da profunda revitalização que estão fazendo. Acredito que todos conheçam a famosa ponte de Florianópolis, mesmo que por fotos. Eu tive a sorte de cruzar a ponte de carro (mas isso lá em mil novecentos e bolinha)!

Uma das maiores pontes pênseis do mundo, a ponte Hercílio Luz teve sua construção iniciada em 14 de novembro de 1922 e foi inaugurada a 13 de maio de 1926. Leva o nome do governador que idealizou sua construção e conseguiu dar vida ao projeto. Eu a acho linda. Uma maravilha da engenharia!

Ali, aos pés da Ponte, fica o Forte de Sant’anna do Estreito que começou a ser construído a partir de 1761, segundo projeto do Engenheiro Militar José Custódio de Sá e Faria. Estando situado junto ao estreito de união das Baías Norte e Sul, sua função era proteger a Vila de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, das embarcações que adentrassem pela Baía Norte. Em 1938 foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, pelo IPHAN, abrigando desde 1975 o Museu de Armas Major Lara Ribas da Polícia Militar de Santa Catarina. O Museu está temporariamente fechado para reforma.

O Forte de Sant’anna está entre as fortalezas que protegiam a Ilha Santa Catarina, junto com o Forte de Santo Antônio de Ratones, Fortaleza de Nossa Senhora de Conceição  de Araçatuba, Fortaleza de São José da Ponta Grossa, Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, Forte de Santa Bárbara da Vila, Forte Marechal Moura de Naufragado e Bateria de São Caetano da Ponta Grossa.  Além do Forte de Sant’anna eu já visitei a Fortaleza de São José da Ponta Grossa, que fica entre as praias de Daniela e Jurerê. E é um passeio bem legal. Imagino que fazer todos eles deve ser bem interessante, ainda mais se você gosta de história. Eu adoro!!

forte-santanna-floripa-13
Do pátio dos canhões, do Forte de Sant’anna, é possível ter uma das vistas mais bonitas, da Baía Norte!

E assim terminamos nosso final de semana, que começou no pique da corrida e terminou na calmaria, contemplando o mar.

Espero que tenham gostado e me aguardem, por que eu volto em breve, pra contar sobre o Desfio Marcio May de Ciclismo, que acontece dia 05/02 e eu estarei lá, nos 35k !!!

Besos


PLANEJE SUA VIAGEM

COMPRE SUA PASSAGEM AÉREA na LATAM, uma das maiores Cias. Aéreas do mundo.

ALUGUEL DE CARROpesquise na RentCars os melhores preços, sem cobrança de IOF e pagamento em até 12x nos Cartões Visa e Mastercard.

SEGURO DE VIAGEMReal Seguro Viagem, em até 6x sem juros nos Cartões de Crédito.  

COMPRE SUA MOEDA ESTRANGEIRA: Cotação Câmbio Turismo. Tendo a comodidade de poder retirar seu dinheiro nas lojas dos Aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. 

DICAS DE HOSPEDAGEM: Procure no Booking e encontre as melhores ofertas!


**Gostou? Faça um comentário, inscreva-se para receber nossas dicas, curta a página! Cada que vez que você interage com o Casa de Doda, ele cresce e alcança mais viajantes. Obrigada!

*** O Casa de Doda é afiliado da LATAM, Real Seguro Viagem, RentCars, Cotação Câmbio, Booking.com e recebe uma comissão pelas reservas feitas através dos links aqui no blog. O leitor não paga nada a mais ao fazer a sua reserva pelo nosso link. Apenas contribui para que o Casa de Doda siga dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar, fazendo suas reservas aqui pelo bloguinho!

20 comentários em “#CorraDodaCorra, no Costão do Santinho

  1. “Eu até falei pra corredora do lado: cara, que coisa linda! Ela não me deu muita bola! Ahh problema dela!!!!” GAHAHA sim, o problema é dela mesmo que não conseguiu apreciar a lindeza da corrida como você! ❤ E 34 min é um tempo bem bom, parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s